domingo, 11 de dezembro de 2016

A distância entre nós
já desmatou quilômetros

Incendiou parques
florestais

Destruiu famílias
de gatos selvagens...

Agora é tarde

A cada passo,
cinzas sobem
em outra direção.
Perder um amor, um namoro ou um relacionamento é sempre muito difícil. Mas nada se compara a dor de perder a boca que você mais gostava de beijar... É aí que mora o drama, o trauma e o medo de nunca mais se encontrar.
Abro o peito. E ele olha.
Fecho o peito. E parto.
Fui parido por uma negra. E gorda.
Cresci magro. E grato.
No meu peito, ninguém sabe o que tem.
Sob o olhar dele, só eu sei o parto.

quinta-feira, 7 de julho de 2016

.
.

É seguir
É desviar
É contornar
É ultrapassar
É acelerar junto
É olhar para frente
É partilhar horizontes
É viver sem olhar pra trás

O amor é um carro sem retrovisor.
.
.


domingo, 19 de junho de 2016

.
.
Tentar evitar
que um amor
aconteça é inútil

É como instalar
uma porta giratória
no peito

Você pensa que
está protegido

Mas, na verdade,
a qualquer momento
alguém pode entrar

E tomar o seu coração
de assalto.
.
.

domingo, 17 de abril de 2016

.
.
Globalização é neocolonialismo. Pobre Coreia do Norte. A maior bomba do mundo é a humanidade. Os barões do petróleo não financiam a Carreta Furacão a troco de nada. O Capitão América segue dançando firme e forte. Mas quem rebola somos nós – o povo pão com ovo.
A pátria educadora é uma piada triste. Chora, Educação. É Zorra Total. Do Torto ao Jaburu, o mel das construtoras adoçou as torradas de todo mundo, mas ninguém assume nada. Quantos ilibados na terra do Ali Baba!
E ainda tem Petrolão, tem Trensalão, tem Chico, tem Lobão... Mas o Gregório é que tá virando herói. Não, não! Assim meu dente dói. Deve ser canal. Então a culpa é da Globo! Veja. Veja como mente o Estadão! Veja. Veja que beleza o Brasil da Carta Capital! E qual é mesmo a cor da nossa bandeira? Depende. Mas no fim somos todos Visa ou Master.
E quanto vale um Deputado? Você já fingiu um orgasmo? Democracia existe? Vai ser golpe ou contra-golpe? Dane-se. Que diferença faz? Toda manipulação requer duas mãos. E nós somos apenas os croquetes que estão sendo enrolados.

.
.

domingo, 20 de setembro de 2015

.
.


Menos sol
Menos lua
Menos vinho
Menos cama
Menos família
Menos amigos
Menos loucuras
Menos amores

Enriquecer custa caro.
.
.

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

A seco

.
Daqui uns dez mil anos, acho que todos os anus humanos serão capazes de se auto-lubrificarem sozinhos, como as vaginas inteligentemente já fazem há tempos... E ninguém mais terá que usar gel algum para praticar sexo anal.
O que não era natural, doía e machucava vai, aos poucos, se transformar em uma prática completamente normal para o nosso corpo.
Sim, o cu vai sofrer por mais algum tempo, vai sangrar, vai rasgar, mas vai se adaptar... E vai passar essas informações de geração para geração, de DNA para DNA, de cu para cu, como se fosse uma dica – “Lubrifica, amigo. Lubrifica, que assim dói menos.
Até o dia em que já nasceremos com esse recurso naturalmente desenvolvido em nosso anus. E, sempre que pintar um tesãozinho, ele já vai se encharcar todo. Sem problema algum.
E isso não é uma crença, nem torcida e nem palpite. É Darwin.
Kiss

terça-feira, 14 de abril de 2015

.
.
Antes de ontem, bebi.
Ontem também.
Hoje, óbvio.
E amanhã com certeza.
Alguns chamam isso
de alcoolismo.
Eu chamo de disciplina.
.
.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Mato


.
O que ando cultivando no asfalto
há tempos não dá nenhum fruto

Queria ter de novo uma chácara
Ou comprar um terreno bem grande

Pra voltar a plantar o que eu acredito
Pra enterrar tudo o que eu não gosto

E poder, finalmente, morrer seguro e feliz
de que haverá terra suficiente
para cobrir todas as minhas angústias
.
.

sábado, 14 de junho de 2014




.
Não é sexy
Não é vinho
Não enriquece
Nem dá tesão

Poesia não come ninguém
Poesia é digestão.
.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

.
O gozo da porca
O gozo da porca
O gozo da porca

Não é pica parafuso
Não é lama nas tetas
Não é linguiça de intruso
Não é porção de panceta

O gozo da porca é outro

É arder no óleo do inferno
É dançar na banha da alegria
É fritar, fritar e fritar
E espirrar pra todo mundo

- Que tesão virar pururuca!
.

domingo, 24 de novembro de 2013



.
.
Quando eu quero
ir dormir mais feliz


Fecho os olhos
pensando em você


A saudade escurece
os meus dias


Poesia é quando
a gente se vê.