domingo, 8 de março de 2009

Hoje eu queria ter escrito algo sobre o dia da mulher. Poderia parecer demagógico, mas acho que vindo de mim nem tanto. Quem vem sempre aqui já deve ter percebido que gosto tanto das mulheres que às vezes até me comporto como tal. Enfim, não importa.
Hoje também gostaria de ter escrito algo sobre meus últimos dias, sobre minhas últimas crises e meus últimos porres. Mas ando com preguiça de reclamar ou ficar triste. Tem uma hora que reclamar cansa e o envelhecimento nos faz realmente seres mais conformados com o nosso destino.
E, por fim, hoje queria ter escrito algo só sobre meus próximos dias. Acho que aproveitaria esse espaço pra fazer mais uma meia dúzia de promessas que não iria cumprir. E, mais uma vez, estaria certo de que desta vez as promessas seriam cumpridas.
Fora isso, pensei em publicar uma foto pornográfica. Uma boceta ou coisa assim. Depois pensei também em publicar uma música do Chico Buarque, não porque ele é foda, mas por que ele é tão canalha quanto eu. A diferença é que ele parece ser uma canalha feliz. Faz seus versos e nos passa na conversa.
Eu não faço um e nem outro. Eu apenas tenho um blog, algumas ereções e um dvd pirata do Chico Buarque. Ah, e tenho também dois saches de lubrificante que ainda não sei com quem usar.
Sorte que minha cachorra já morreu.

3 comentários:

Nadja disse...

Seu imundo!


UEHEUEHEUEHE

Concordo,o Chico Buarque é um safado que se finge de poeta para passar o rodo nas mulheres...

ueheueheu

:****

Nadja disse...

http://absolutamenteeu-nadja.blogspot.com/



:)

Sandra disse...

Admitir a preguiça é o primeiro passo pra cura, rs.
;o)
bjs