domingo, 5 de outubro de 2008

domingos


Em São Paulo dizem: o carlos é inteligente, vagabundo, amigo, bebe o suficiente, feio e querido.

Em Ribeirão Preto dizem: o carlos é maluco, trabalhador, tem dupla personalidade, bebe demais, bonito e gay.

Mas aqui dentro diz: o carlos é normal, não gosta de morte, ama e odeia todo mundo, inseguro, divertido e vive formulando perguntas sem resposta.

...o pior é que ninguém tem razão.


4 comentários:

KAKA disse...

esqueceu de dizer que nao presta, mas... então quem tem a razão?! beijos da KK.

Sandra disse...

todos tem razão!
;o)
bj

Flavia Krauss disse...

Tsic-tsic-tsic!
A tal da razão nem existe
O fato é um eco do enunciado
O Carlos é um idioleto já viciado
Não somos assim, muito menos assado

meu favo de mel disse...

pior nada, bom que ninguém, muito muito menos nós tenhámos razão, o melhor é a metamorfose ambulante.. maluco beleza, como a vida deve ser